15 outubro 2009

Vegetarianismo

salad

Como vocês podem notar, criei na barra lateral deste blog uma enquete sobre vegetarianismo. Pretendo em breve tratar do assunto, visto que entre muitos praticantes de yoga o vegetarianismo é encarado como obrigação e é associado a ahimsa, o princípio yogi de não-violência -- só por esta frase é fácil notar que o tema pode ser bem mais complexo do que apenas comer ou não comer carne.

Além disso, sei que o vegetarianismo tem nuances -- frugivorismo, ovolactovegetarianismo, veganismo, crudivorismo etc. -- e a enquete acaba sendo bem mais simples do que isso. Por isso, fiquem à vontade para comentar o assunto e seu voto na área de comentários deste post.

Obrigado a todos.

2 comentários:

Eliane disse...

Realmente apetitosa esta saladinha! Seria apreciada no século VI, no ocidente? Pitágoras se dizia vegetariano, mas talvez fosse um dos únicos na sua época. A sua enquete, mesmo então, teria um resultado chocante para um indiano.

Enquanto que na inglaterra os vegetais eram atirados aos porcos, estes sim uma iguaria, os indianos já pregavam o vegetarianismo, e isso de longa data.

moninha disse...

Ser vegetariano é uma forma de ser, de estar e se posicionar no mundo. O desapego prasticoado, o respeito aos semelhantes, ahimsa, tudo isto.Como nutricionista e praticante e professora de yoga decidamente digo que é a melhor opção fisica, mental e espiritual para bem viver..parabéns aos adeptos.Namastê