Para que não haja dúvidas


Vinyasa não é yoga.
Ashtanga Vinyasa Yoga não é yoga.
Hot Yoga não é yoga.
Hatha Yoga Contemporâneo não é yoga.
Iyengar Yoga não é yoga.
Power Yoga não é yoga.
Meditação do Yoga não é yoga.
Vedanta não é yoga.
Budismo não é yoga.
Ayurveda não é yoga.
Yogaterapia não é yoga.
Yoga em cordas não é yoga.
Yoga em duplas não é yoga.
Yoga com blocos, cadeiras, bolsters e cintos não é yoga.
Yoga na parede não é yoga.
Yoga para mulheres não é yoga.
Yoga para crianças não é yoga.
Yoga para idosos não é yoga.
Yoga para gestantes não é yoga.
Yoga para surfistas não é yoga.
Yoga para os olhos não é yoga.
Yoga facial não é yoga.
Yoga do riso não é yoga.
Yoga hormonal não é yoga.

Antes que lhe ocorram as usuais réplicas, antecipo-me:

1) Sim, isso é mais necessário do que você imagina.
2) Isso não é opinião, mas a descrição de um fato.
3) Portanto, acuse-me de ter sido breve, não de ter faltado com a verdade. Numa outra ocasião posso esclarecer em vez de apenas citar. Uma dica está na imagem que abre este post.
4) Toda crítica deve ser precedida pela reflexão.

Comentários

Gabi disse…
M.U.V I,25: " A unificação (estabilização) da respiração, da mente e (dos órgãos dos) sentidos e o abandono de todas as formas de existência, isso é chamada de Yoga".

Infelizmente o que é 'vendido' como Yoga, passa longe de ser Yoga.
Tem Yoga pra tudo, mas nenhum do que é vendido por aí mostra a prática que leva à moksha. O que é ótimo para quem vende o 'método' milagroso, já que enche o rabo de dinheiro, e para quem pratica é um anestésico e mais uma ilusão.
'Seja vegetariano, pacífico, tenha saúde, aprenda a não ter conflitos no seu relacionamento, conquiste seus objetivos e seja feliz'.

Não sei se eu sou muito crítica, mas nenhuma dessas fórmulas milagrosas me atraiu, em 5 anos pesquisei muitos lugares, de espaços alternativos, academias e até método mais famoso do país.
Acredito até que não tenho nem como discutir sobre Yoga, porque pratico a pouquíssimo tempo (uns 2 meses e meio no máximo), porém acho que tem algo de muito errado no que é ensinado na maioria dos lugares e é espantoso a maneira como as pessoas são atraídas por essas fórmulas de bem estar, ou elas estão realmente desesperadas ou engolem tudo sem questionar.


Este blog é um dos melhores (se não o melhor) sobre Yoga.
Leio desde o ano passado, inclusive foi de grande ajuda, quase desisti no começo da prática por não conseguir fazer asana, mas como você já disse em posts anteriores, os 'asanistas' raramente chegam à iluminação.

Não deixe de postar, como leiga digo que esse blog é uma luz no fim do túnel nessa terra de ninguém que é a internet.
Christian disse…
Gabi,

muito obrigado pelo seu comentário. É sempre bom encontrar quem nos compreenda.

Estude, pratique, continue. Filtradas as «extravagâncias» das últimas décadas, o yoga é um belo caminho, que merece ser conhecido e perpetuado.
Rodrigo Chede disse…
Christian, sabe que compartilhamos da mesma opinião nesse assunto.
Mas já que cita tanto o que "não é" Yoga, não seria interessante dar uma idéia a quem é leigo do que É afinal o Yoga ? :)

(e hahaha, Yoga "em cordas" eu ainda não tinha ouvido falar...o que é isso ? Fazer ásana se equilibrando na corda bamba ? rs)
Christian disse…
Em grande medida o yoga é um caminho negativo: o esforço é no sentido de eliminar os obstáculos, as impurezas, tudo aquilo que não é. Se este processo é cumprido adequadamente, o que resta? Resta aquilo que É.

Sobre o «yoga em cordas», trata-se de um tipo de ginástica em que as pessoas se penduram e realizam posturas corporais inspiradas nos asanas. Deve ser divertido como aula de circo.
Quil disse…
Sim. Porque o que É já está desde todo o sempre!
Unknown disse…
sahaja yoga é yoga?
Christian Rocha disse…
O que é sahaja yoga?